Candelabro floral de ferro forjado para parede com 5 velas toco

REQUINTE EM AMBIENTE RETRÔ OU CONTEMPORÂNEO – Até o advento da lâmpada, candelabros de parede eram utilizados para iluminar o interior de casas e lojas. Hoje, este tipo de castiçal com vários braços se transformou em objeto de decoração que confere requinte a ambientes retrô e modernos.

Ler mais

Ramo de flores em painel metálico para decoração de paredes

ESCULTURA FLORAL PARA SALA, VARANDA OU JARDIM – Ramo florido de videira em painel de metal com conceito vintage-contemporâneo para a decoração de paredes de salas, varandas ou jardins. As esculturas 3D são formadas por varetas e chapas de aço, com pintura automotiva de alta qualidade.

Ler mais

Ganchos de parede com folhagem para pendurar bolsas e roupas

GANCHEIRA DE FERRO FORJADO EM FORMA ORGÂNICA – Gancheira de parede rústica e moderna para pendurar toalhas no banheiro e cozinha ou casacos e bolsas na sala. Peça de decoração com formas orgânicas para instalação em todos os cômodos da casa, com folhagens e ganchos de metal.

Ler mais

Paisagem em painel de alumínio escovado com design moderno

ESCULTURA METÁLICA COM VISUAL CONTEMPORÂNEO – Este cenário natural em painel prateado de alumínio escovado acrescenta um toque arejado à decoração da casa ou escritório. A escultura tem um afastamento da parede a fim de proporcionar um bonito efeito flutuante com o jogo de luz e sombras.

Ler mais

Garrafa e taça de vinho em placa vazada de letreiro para adega

PEÇA DE METAL PARA DECORAÇÃO DE PAREDE  DE BAR – Placa de metal vazada com as silhuetas de garrafa e taça de vinho adornadas por um ramo de videira. É uma peça para decorar parede de adega ou, se pendurada num suporte, servir como letreiro de bar com a logomarca estampada na superfície.

Ler mais

Letreiro com gato dá sorte e traz prosperidade para os negócios

UMA TRADIÇÃO JAPONESA PARA ALCANÇAR SUCESSO – Gato empoleirado num letreiro japonês não está representado ali à toa. O objetivo, na tradição nipônica, é atrair clientes e dinheiro para o sucesso do negócio. Se são os japoneses, com a sua sabedoria milenar, que garantem isto, quem vai duvidar?

Ler mais