Mesa de centro com defeitos na madeira preenchidos por pewter

GRETAS E BURACOS SELADOS COM METAL PRATEADO – Defeitos e rachaduras em móveis costumam ser tapados com resina, cola branca com serragem e outros produtos. Já numa mesa fabricada com toras grossas de madeira, por exemplo, as imperfeições podem ser preenchidas com pewter derretido.

Ler mais

Rachaduras em tampo de mesa preenchidas com metal derretido

RESTAURAÇÃO DE MÓVEIS DE MADEIRA COM PEWTER – Em nossa fundição de Petrópolis, no Rio de Janeiro, utilizamos metal derretido para preencher fendas, nós, cavidades e imperfeições profundas em tampos de mesas, consoles e aparadores. O pewter é uma liga de estanho parecida com a prata.

Ler mais

Tampos de madeira com incrustações de pewter em nós e frestas

RACHADURAS PREENCHIDAS COM O METAL FUNDIDO – Tábuas perfeitas para se usar como tampos grossos de mesas, balcões e aparadores são raras e, por isso, custam uma fortuna. Porém, defeitos como buracos de nós, rachaduras, frestas e fendas podem ser preenchidos artisticamente com uma liga de estanho derretida.

Ler mais

Cerca e portão para jardim com tubos imitando bambu

DECORAÇÃO DIVIDE O TERRENO EM DOIS AMBIENTES – As cercas e portões de bambu natural deterioram rapidamente e costumam deixar o jardim e o gramado com uma péssima aparência, por mais bem cuidados que sejam. A alternativa mais bonita e econômica é usar imitações das varetas vegetais com tubos de metal.

Ler mais

Eram garotas que, como nós, tocavam Beatles e Rolling Stones

A CACHAÇA DA HAPPY HOUR
Pragaash era uma banda de rock formada por meninas adolescentes da Índia. O trio havia vencido um concurso musical e ousou seguir tocando.

Depois de hostilizadas pela internet, um líder religioso mandou dissolver o grupo.

Ler mais

Por que não sentimos as cócegas que fazemos em nós mesmos?

DO BLOG BANANAPOST
Sentir cócegas é um antigo método de defesa do corpo para identificar pequenos perigos, como aranhas ou escorpiões subindo pela perna.

O cérebro reconhece todos os movimentos do nosso organismo. Dessa forma, o ato de tocar o próprio corpo já é esperado e o mecanismo de defesa não é acionado.

Ler mais