Crucifixo estilo rústico de metal prateado para cordão masculino

FÉ NA MODA: UMA IDEIA DE PRESENTE PARA HOMENS – Crucifixo prateado para cordões masculinos com acabamento rústico que confere ao símbolo cristão a aparência de desgaste pelo tempo. Feita de pewter, uma liga nobre de estanho, esta cruz artesanal mede 4,0 cm de altura por 2,5 cm de largura.

Ler mais

Coração em escultura rústica na decoração de mesa e prateleira

IDEIA DE PRESENTE ROMÂNTICO EM FERRO FORJADO – Escultura rústica de ferro forjado na forma de coração para mesas, prateleiras ou espaço desocupado de alvenaria entre objetos de decoração. Esta é uma boa sugestão de presente para Dia das Mães, dos Namorados, Natal, aniversários ou casamentos.

Ler mais

Passarinhos coloridos para decoração de salas, varandas e jardins

AVES PARA ENFEITAR VASOS, PRATELEIRAS OU CERCAS – Silhuetas de pássaros tornam mais coloridas prateleiras de madeira nas salas, vasos de plantas nas varandas ou troncos de árvores e suportes no jardim. Os bichos são recortados em chapas de aço, com furos nas bases para fixação com parafusos.

Ler mais

Candelabro floral de ferro forjado para parede com 5 velas toco

REQUINTE EM AMBIENTE RETRÔ OU CONTEMPORÂNEO – Até o advento da lâmpada, candelabros de parede eram utilizados para iluminar o interior de casas e lojas. Hoje, este tipo de castiçal com vários braços se transformou em objeto de decoração que confere requinte a ambientes retrô e modernos.

Ler mais

Silhuetas de vasos e garrafas de metal como suportes para flores

OBJETOS DE DECORAÇÃO COM DESIGN MINIMALISTA – Esculturas de metal insinuando os contornos de vasos e garrafas servem como suportes para flores naturais. As silhuetas em 3D para decoração de mesas e prateleiras são uma ótima ideia de presente para aniversários, casamentos ou Dia das Mães.

Ler mais

Como a dócil ave dodô, a Humanidade corre o risco de ser extinta

RETORNO AO PASSADO NAS ASAS DA ANTROPOLOGIA – Como a triste história dos dodôs, aves que viveram sossegadas por milhares de anos mas foram extintas por invasores porque eram inofensivas, lamentavelmente também pode se aplicar à Humanidade – só que sem ninguém para chorar por nós.

Ler mais